Aforronet

aforronet

Como investir em certificados de aforro?

Se investiu ou está a pensar investir em Certificados de Aforro/Certificados do Tesouro, dois dos instrumentos de menor risco e maior liquidez à disposição dos investidores, tem de conhecer a plataforma AforroNet! Gratuita e muito intuitiva, esta é a plataforma que promete ajudá-lo a gerir o seu portfólio de investimentos. Venha saber como.

Quais são os requisitos para abrir uma conta aforro?

1. Ser titular de uma conta aforro com produtos de aforro (Se não for o caso, deverá dirigir-se a uma Loja CTT) 2. Ter os seus dados de identificação pessoal atualizados na conta aforro, nomeadamente número de contribuinte e morada de domicílio;

Onde posso resgatar os certificados de aforro?

Os certificados da série E podem também ser resgatados online, através do AforroNet, ou nos Espaços do Cidadão. Numa uma estação dos CTT onde seja possível resgatar certificados ou num Espaço Cidadão onde seja possível resgatar certificados (nos Espaços Cidadão só é possível resgatar certificados da série E).

Quando é possível levantar os certificados de aforro?

Se levantar os certificados antes do fim de um período de três meses, não lhe são pagos os juros desse período de três meses. O valor dos certificados é transferido para a conta bancária que associou à subscrição, no prazo máximo de 2 dias úteis.

Quais as vantagens de investir em certificados de aforro?

Os Certificados de Aforro são produtos de poupança adorados pelos portugueses e podem ser uma alternativa aos depósitos a prazo. Os Certificados de Aforro são um produto financeiro de capitalização. Por isso são uma boa alternativa para quem quer poupar.

Como adquirir os certificados de aforro?

Os certificados de aforro podem ser adquiridos junto da maior parte das estações de correios existentes em Portugal Continental e ilhas. Pode verificar através do próprio site dos CTT se a agência mais perto de si possui serviços financeiros. É necessário que sim para poder ter disponíveis todos os investimentos.

Qual a diferença entre certificados de aforro e certificados do Tesouro?

Certificados de Aforro e Certificados do Tesouro são produtos de poupança do Estado. Saiba o que os distingue. Os Certificados de Aforro ou Certificados do Tesouro são instrumentos utilizados pelo Estado para se financiar.

Como subscrever certificados de aforro?

Os certificados de aforro podem ser subscritos de duas formas: presencialmente ou através da via eletrónica. Pode subscrever certificados de aforro presencialmente em qualquer estação dos CTT ou numa loja do cidadão.

Atualmente, apenas é possível subscrever Certificados de Aforro da Série E. O valor mínimo é de 100 euros que corresponde a comprar 100 unidades, sendo que o valor máximo de subscrição é de 250 mil unidades, equivalente a 250 mil euros. Quais os prazos e juros praticados?

Como funcionam os certificados de aforro?

Isto significa que, ao subscrever Certificados de Aforro, está a emprestar dinheiro ao Estado Português. É o Estado Português que garante que vai receber de volta toda a sua poupança e os juros a que tiver direito. A partir do segundo ano, além da taxa-base beneficia de um prémio de permanência de 0,5 %.

Como fazer resgate de certificados de aforro?

Se o certificado for da série C, se a pessoa em nome de quem está o certificado for menor de idade na data em que vence o certificado, o valor que tiver sido acumulado é depositado na conta bancária que tiver sido indicada. Quando passar o período inicial de imobilização, pode resgatar todo o valor da sua Conta Aforro ou apenas uma parte.

Como subscrever certificados de aforro?

Os certificados de aforro podem ser subscritos de duas formas: presencialmente ou através da via eletrónica. Pode subscrever certificados de aforro presencialmente em qualquer estação dos CTT ou numa loja do cidadão.

Quando posso resgatar os certificados de aforro e certificados do Tesouro Poupança Crescimento?

Os Certificados de Aforro e Certificados do Tesouro podem ser resgatados quando terminarem os períodos iniciais de imobilização, ou seja, os períodos pré-definidos durante os quais não se pode levantar o dinheiro.

Milhares de euros em certificados de aforro ficam, assim, por resgatar e passam para o Estado. Qual o prazo para levantar o dinheiro? Em caso de falecimento do titular de certificados de aforro, os herdeiros têm um prazo para requerer a transmissão da titularidade dos títulos ou a amortização.

Quais são as vantagens e desvantagens dos certificados de aforro?

Postagens relacionadas: