Certificado de aforro ctt

certificado de aforro ctt

Como funcionam os certificados de aforro?

Isto significa que, ao subscrever Certificados de Aforro, está a emprestar dinheiro ao Estado Português. É o Estado Português que garante que vai receber de volta toda a sua poupança e os juros a que tiver direito. A partir do segundo ano, além da taxa-base beneficia de um prémio de permanência de 0,5 %.

Quando os certificados de aforro e certificados do Tesouro podem ser resgatados?

Se os certificados forem de série B, a pessoa em nome de quem está o certificado pode resgatá-lo desde que já tenha feito 15 anos. Se os certificados forem das séries C, D ou E, é preciso ter 18 anos para fazer o resgate.

Como fazer resgate de certificados de aforro?

Os resgates de Certificados de Aforro das séries A, B, C e D em numerário, apenas podem ser efetuados pelo titular da conta aforro, e até ao limite máximo de 3.000 € (três mil euros) por conta aforro e por dia. Conheça as principais características dos Certificados de Aforro. Euribor a 3 meses + 1 %.

Como Pagar com a CTT?

Ligue para a Linha de Poupança CTT - 21 047 14 80 ou dirija-se a uma Loja CTT. um meio de pagamento (dinheiro, cartão multibanco ou cheque).

Quais são as características dos certificados de aforro?

Conheça as principais características dos Certificados de Aforro. Euribor a 3 meses + 1 %. Esta taxa nunca pode ser inferior a 0 % nem superior a 3,5 %. Quer conhecer todas as características?

Qual o prazo para comprar certificados de aforro?

De uma forma resumida: ao comprar certificados de aforro é como se estivesse a emprestar dinheiro ao Estado. Atualmente a série que se encontra em comercialização, chama-se “ Série E2 ” . Tem um prazo de 10 anos, a partir da respetiva data valor de cada subscrição. Os produtos de aforro têm apenas um titular (são individuais).

Como investir em certificados de aforro?

Se tem umas poupanças de lado e não sabe como rentabilizá-las, investir em certificados de aforro pode ser uma boa solução. Ao adquirir Certificados de Aforro está a comprar dívida pública, com capital garantido pelo Estado. Ou seja, ao subscrever estes títulos, está a emprestar dinheiro ao Estado português.

Como posso subscrever os certificados de aforro?

Os Certificados de Aforro podem ser subscritos em qualquer estação de correio em Portugal e qualquer pessoa pode comprá-los. Só precisas de ser portador de um documento de identificação e número de contribuinte. Não existem limites mínimos ou máximos de idade para subscrever os Certificados de Aforro.

Quando e como posso resgatar os certificados de aforro?

O limite diz apenas respeito à série E e aos CTPV, ou seja, os valores das séries A, B, C, D, CT10anos, CTPC e CTPM são autónomos em relação ao limite fixado para as novas séries. Quando e de que modo posso resgatar os Certificados de Aforro? Os CA são reembolsáveis um trimestre após a data da sua subscrição.

Como pedir o certificado de aforro?

Pedido no posto de atendimento ao público do IGCP (apenas para Certificados de Aforro série A) e nas estações online dos CTT Pedido nas restantes estações dos CTT: cerca de 3 dias úteis. No site do IGCP pode consultar informação mais detalhada sobre os Certificados de Aforro.

Como subscrever certificados de aforro?

Os certificados de aforro podem ser subscritos de duas formas: presencialmente ou através da via eletrónica. Pode subscrever certificados de aforro presencialmente em qualquer estação dos CTT ou numa loja do cidadão.

Quem deve devolver o certificado de aforro?

10. No caso de Certificados de Aforro das séries A, B, C e D, os herdeiros, procuradores ou representantes legais, devem devolver ao IGCP, E.P.E. os respetivos títulos físicos a que se habilitam, sendo que se não estiverem na posse desses títulos devem apresentar a necessária justificação para tal facto. 11.

Postagens relacionadas: